CEDAPS | Centro de Promoção da Saúde

MENU MENU

Projetos

Rede Sudeste de Comunidades Saudáveis

Reduzir riscos e vulnerabilidades de infecção pelo HIV/AIDS/DST e hepatites virais a partir da prevenção.

Base Rede Sudeste.jpg
CEPROCIG.jpg
ceprocig1.jpg
CRESAM.JPG
foto cresam 2.jpg
Quilombo Mangueira BH ok.jpg
rede3.jpg
Roda de conversa CRESAM.JPG
rede2.jpg
foto Nzinga.jpg

O projeto é uma iniciativa do CEDAPS – Centro de Promoção da Saúde, com o apoio do Ministério da Saúde (Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais). Seu objetivo é reduzir riscos e vulnerabilidades de infecção pelo HIV/AIDS/DST e hepatites virais a partir da prevenção, incentivo ao diagnóstico e promoção dos direitos humanos, junto a populações vulneráveis (LGBTs, jovens, usuários de álcool e outras drogas, PVHA), residentes em favelas, periferias e quilombos nos centros urbanos da região sudeste (RJ, SP e MG) articulando redes comunitárias e políticas públicas integradas no território.

A metodologia da iniciativa é a de mobilização do território, diretriz já implementada pelo CEDAPS no envolvimento de organizações parceiras. A ideia é ter um local de referência na comunidade, com material educativo, preservativos e informação para aproximar o público do tema prevenção. Diferentes atividades são geridas nesses espaços promovidas pelos Agentes de Prevenção que, além de realizar aconselhamento e divulgar informações e serviços, organizam oficinas educativas sobre a temática do projeto. Os participantes são convidados a multiplicar as informações nas comunidades.

ONDE O PROJETO ACONTECE

• No município do Rio de Janeiro. Considerando a rede já existente e a consolidação das ações comunitárias, o trabalho está focalizado na Zona Norte da cidade, envolvendo mais especificamente a Vila Cruzeiro no Complexo da Penha;

• No município de São Paulo: está priorizado o Parque Grajaú/Zona Sul da cidade;

• Em Belo Horizonte: a ação está ocorrendo no Quilombo Mangueiras/região norte de Belo Horizonte. INICIATIVAS COMUNITÁRIAS DE PREVENÇÃO

• Circuito da Prevenção – colocação de dispensadores de preservativo em diferentes pontos do território, locais de concentração e convivência de pessoas em situação de vulnerabilidade: esquinas, bares, tendas, quadras, festas e bailes locais, casas centrais/muros/ salões de beleza e outros comércios;

• Articulação com escolas (Programa Saúde e Prevenção nas Escolas e outros); igrejas e religiões de matriz africana e sensibilização de igrejas evangélicas;

• Camelôs Educativos e banca itinerante de prevenção com abordagem entre pares (vizinhos e familiares), garantindo acesso à informação, oferta de insumos de prevenção (preservativos e gel lubrificante);

• Estratégias de comunicação: spots de rádio, cartazes, jornais murais, radio de poste, mensagens via redes sociais que gerem um ambiente de prevenção. INSTITUIÇÕES PARCEIRAS DO PROJETO:

• CEPROCIG – Centro de Promoção e Resgate a Cidadania do Grajaú: trabalha para o desenvolvimento integral da criança e adolescentes e com famílias no processo de mobilização para garantia do direito à moradia e as boas condições de vida e saúde. Localizada no bairro do Grajaú, Zona Sul de São Paulo.

• CRESAM – sediada na Vila Cruzeiro, Complexo da Penha no Rio de Janeiro, tem como missão fortalecer o Movimento de Mulheres através de acesso democrático à informações por meio de iniciativas socioeducativas, culturais, ambientais, de saúde e geração de renda e a participação comunitária.

• NZINGA – Coletivo de Mulheres Negras de Belo Horizonte é uma organização não governamental, que atua no combate a todas as formas de discriminação e opressão de gênero e racial/étnico, visando superar a discriminação e o preconceito, e buscar alternativas que proporcionem a inclusão sociopolítica e econômica das mulheres afro-brasileiras. As ações tem ênfase na prevenção da violência doméstica e na atenção à qualidade de atendimento na área da saúde. A ação ocorre em parceria com o Quilombo Mangueiras/ Grupo Mulheres da Rocha.

pontilhado

Publicações

Boletim – Edição n. II – Setembro de 2014

a94291ee-4a0e-4e55-a6a5-9bc1fc597e59

 

 

 

 

Edição n. III – Fevereiro de 2015

wanda

Boletim Balanço

Boletim 4 - Rede comunidades.indd

 

 

 

 

 

 

 

 

 

pontilhado

Realização       Apoio 
Rede Comunidades Saudáveis - Realização           Rede Comunidades Saudáveis - Apoio

pontilhado

A Rede Sudeste nas Redes

facebook

 

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Rede de Comunidade Saudáveis
Rede de Comunidade Saudáveis
Comunidades Sem Tuberculose
Comunidades Sem Tuberculose
Comunidades Sem Tuberculose
Comunidades Sem Tuberculose
Rede de Comunidade Saudáveis

NESTA SEÇÃO