CEDAPS | Centro de Promoção da Saúde

MENU MENU

Notícias

20 de dezembro, 2016

Primeiro passo para um futuro melhor

Turmas 2 e 3 do Programa Jovens Construtores Borel celebram conclusão do projeto

formatura-jc-borel-2-e-3

A sede do Instituto de Cidadania Unidos da Tijuca ficou lotada na noite do dia 13 de dezembro. A formatura dos 56 jovens das turmas 2 e 3 do Programa Jovens Construtores Borel reuniu familiares, amigos e vizinhos que, emocionados, acompanharam o evento. Logo no início da cerimônia, os jovens resumiram qual era o sentimento de todos os presentes: esperança. “O projeto ascendeu uma faísca em nós!”, destacou a jovem formanda Ana Carolina Cosme. Também estiverem presentes no evento representantes do CIEE, do CEDAPS e oficineiros que ministraram algumas das oficinas para os jovens durante o programa.

Comandada pelo presidente do Instituto de Cidadania Unidos da Tijuca, Felipe Vieira, a cerimônia começou com um vídeo mostrando os alunos durante o curso e com a entrada dos formandos. A diretora executiva do CEDAPS, Kátia Edmundo, foi a primeira a falar e destacou o sucesso do Jovens Construtores na comunidade. “É um prazer imenso estar aqui. Estou muito orgulhosa desses jovens. O Instituto desde o começo abraçou o projeto e já concluímos três turmas e queremos abrir uma quarta. O projeto também pretende melhorar a comunidade”, disse ela. “Os jovens precisam de coisas boas para que possam caminhar em direção ao futuro!”, concluiu Kátia. O futuro dos jovens também foi destacado na fala de Valéria Moreno, coordenadora de Programas Especiais do CIEE Rio: “só tenho coisas boas para falar. Hoje é a conclusão de um ciclo. É apenas uma parte da conquista de vocês, que são modelos de oportunidade, esperança e crença em vocês mesmos”. O presidente do Instituto de Cidadania Unidos da Tijuca, Felipe Vieira disse que sentia-se orgulhoso de poder receber e dar cidadania para esses jovens.

Rafaela e Ana Carolina foram as jovens escolhidas para serem as oradoras das suas respectivas turmas. “Hoje completamos uma etapa muito importante nas nossas vidas! Aqui aprendemos a construir, partilhar e trabalhar em equipe”, destacou Ana. Já para Rafaela, o projeto formou não apenas profissionais: “muitos não levavam a sério no começo, mas hoje vemos que nos tornamos pessoas melhores e conseguimos enxergar oportunidades”.

Os pais e responsáveis não podiam ficar de fora da cerimônia e não esconderam o orgulho de ver seus pupilos concluindo essa formação profissional. Cristiane, sogra da jovem construtora Isabele, não escondeu a felicidade: “a cada dia ela chegava em casa com uma nova história! Temos jovens cheios de capacidade para vencer e realizar sonhos. Tem coisa boa aqui também!”. Mãe do jovem construtor Douglas, Cláudia Sabino também foi educadora do projeto: “nosso dever é caminhar junto com a juventude da comunidade. Nunca desistamos desses meninos e meninas. Jovens, aproveitem cada momento! Que esse seja o primeiro de muitos certificados”.

Como em toda formatura, cada turma escolheu seu paraninfo! A turma 2 escolheu o professor Pedro Rocha, que destacou seu amor pelo Borel e o orgulho que sentia dos jovens e aconselhou: “você é uma casa e está sempre em construção. A verdadeira reconstrução começa de dentro”. Já a turma 3 escolheu a professora Cleide, que não segurou a emoção: “vocês me ajudam a me reconhecer e, através de vocês, eu me torno uma pessoa melhor. Usem as dificuldades do caminho como pedras para a construção de suas vidas”.

O Programa Jovens Construtores é uma tecnologia social voltada para a formação de jovens, originalmente concebida pela organização YOUTHBUILD e implementada no Brasil pelo CEDAPS – Centro de Promoção da Saúde, com assessoria do YouthBuild International. No Borel o projeto é realizado em parceria com a organização de base comunitária Instituto de Cidadania Unidos da Tijuca, com parceria estratégica do Seconci e do CIEE e aliança estratégica com o BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento.