CEDAPS | Centro de Promoção da Saúde

MENU MENU

Notícias

24 de outubro, 2013

Oficina da Rede Sudeste de Comunidades Saudáveis trabalha mapeamento e ferramentas online

oficinacedaps2

Aconteceu nos dias 8 e 9 de outubro, no Hotel Monte Alegre, na região central do Rio de Janeiro, mais uma Oficina do Ciclo de Formação de Agentes da Rede Sudeste de Comunidades Saudáveis. Integrantes do Centro de Promoção e Resgate a Cidadania do Grajaú (CEPROGIG), de São Paulo, e do N’Zinga – Coletivo de Mulheres Negras de Belo Horizonte se juntaram aos representantes do Centro de Referência para a Saúde da Mulher (CRESAM), do CEDAPS e do Ministério da Saúde para debater as estratégias e avaliar o trabalho de prevenção ao HIV/AIDS/DST, incentivo ao diagnóstico e promoção dos direitos humanos, junto a populações vulneráveis.

Por entender que para atuar em um território é necessário conhecê-lo e que os moradores das comunidades são os que as compreendem melhor, com todas suas redes de relações, serviços e espaços de circulação, essa Oficina teve como foco técnicas de Mapeamento Participativo. Esse tipo de Mapeamento conta com o conhecimento da população local e dá ferramentas para que este seja sistematizado e registrado. Através dessas informações, facilmente visualizadas nos mapas, é possível planejar ações e intervenções locais. A Oficina também ensinou, com exercícios práticos, a utilizar a internet para montar e disseminar esses mapas, através da Plataforma Mootiro Maps (criada pela IT3S).

O projeto Rede Sudeste de Comunidades Saudáveis frente às DST/Aids e hepatites virais é coordenado pelo CEDAPS, em parceria com o CRESAM, CEPROCIG e N’Zinga, e tem o apoio Ministério da Saúde/ Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.