CEDAPS | Centro de Promoção da Saúde

MENU MENU

Notícias

24 de setembro, 2012

CEDAPS e parceiros participam do XI Congresso Brasileiro de Prevenção DST/Aids

 

As apresentações e a troca de experiências marcaram o evento

O CEDAPS participou do XI Congresso de Brasileiro de Prevenção das DST/Aids, que aconteceu entre os dias 28 e 31 de agosto, em São Paulo. Nesse período também foram realizados o II Congresso Brasileiro de Prevenção das Hepatites Virais; o VI Fórum Latino-americano e do Caribe em HIV/Aids e DST e o V Fórum Comunitário Latino-americano e do Caribe em HIV/Aids e DST. Além do CEDAPS, a Rede de Comunidades Saudáveis esteve representada por várias lideranças comunitárias, entre elas Tânia Alexandre, Kakau Moraes, Denildes da Silva e Sônia Gonçalves, com apresentação de experiências. Estavam presentes representantes dos Sistemas de Saúde e Redes Comunitárias.

Dentre as atividades realizadas durante o evento estavam oficinas, mesas redondas, debates, fóruns e conversas. Todas elas tinham como foco a prevenção. Líderes comunitários, que possuem o apoio do CEDAPS, participaram em peso das Comunicações Coordenadas, que consistiam em mesas de discussão compostas por uma banca que apresentava suas experiências de acordo com o tema pautado.

No dia 28 de agosto, Wanda Guimarães, coordenadora geral do CEDAPS, palestrou durante o fórum ”Acesso ao diagnóstico do HIV, hepatites virais e sífilis e ao aconselhamento no âmbito da rede de serviços e comunidade”. Wanda apresentou seu trabalho junto com outros palestrantes de diferentes partes e instituições do Brasil. Este dia, também foi marcado pela abertura do Congresso, que contou com apresentação do cantor e compositor Tom Zé.

Diversas atividades ocorreram no dia 29 de agosto. Abordando diferentes temas, em mesas de Comunicação Coordenada, estavam Sonia Regina Gonçalves e Denildes da Silva. Sonia, parceira do CEDAPS e líder comunitária no Morro do Urubu, Rio de Janeiro, apresentou sua experiência durante o tema “Comunicação em Saúde – Favela e Prevenção na onda das novas TICS” (Tecnologia da Informação e Comunicação). Já Denildes da Silva, também parceira do CEDAPS, esteve à frente da discussão com o tema “Mulheres 1 – Saúde Mulher: Oficinas de Prevenção de DST/Aids em Comunidades Populares”. Entre um debate e outro os participantes puderam conhecer a Tenda Paulo Freire, um espaço de educação popular e saúde. Lá aconteciam as oficinas, rodas de música, exposições e outras ações.

Seguindo a programação, no dia 30 de agosto, a coordenadora do CEDAPS, Wanda Guimarães, moderou a Mesa Redonda que tinha o tema “Rede de atenção: serviço, comunidade e o lugar da prevenção”. Nessa ação estavam presentes palestrantes do Rio Grande Sul, da Paraíba e do Rio Grande do Norte. Ives Rocha, coordenador técnico do CEDAPS, participou da mesa de Comunicação Coordenada “Prevenção na Comunidade II”. Ives apresentou o “Mapa Falante de Prevenção à Epidemia de Aids em Favelas Cariocas: Uma Metodologia de Pesquisa, Gestão de Informações e Comunicação”, trabalho que foi debatido ao fim da apresentação. Fransérgio Goulart, também coordenador técnico do CEDAPS, fez parte dessa mesma mesa de Comunicação Coordenada, e abordou o tema “Assessorando Jovens de Favelas Para Prevenção”. Em outra sala acontecia atividade “Troca de experiências”, que contou com a participação de José Luiz dos Santos, que faz parte do grupo de convivência do PAM Antônio Ribeiro. José Luiz falou sobre os dispositivos de inclusão e atenção às pessoas que vivem com HIV/Aids. A Tenda Paulo Freire recebeu o cartunista Laerte, que realizou um bate-papo animado e expôs algumas de suas obras, todas baseadas no tema.

No último dia do Congresso, Kátia Edmundo, diretora do CEDAPS, foi conferencista do evento “A atuação das redes comunitárias na prevenção e organização do cuidado”. A Conferência teve como coordenador Eduardo Barbosa, do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais – Ministério da Saúde, Distrito Federal. Finalizando a programação, na sala de Comunicações Coordenadas, Tânia Alexandre, parceira do CEDAPS e líder comunitária de Edson Passos, Mesquita, falou sobre prevenção de grupos específicos com o tema “HIV/Aids, Hepatites Virais e Tuberculose no Diálogo com a População de Rua”.

O lançamento da revista Resposta Positiva, teve como primeira capa Kakau Moraes, parceira do CEDAPS e agente comunitária de Rio das Pedras. A revista apresenta reportagens e artigos que abordam ações nas áreas de Diagnóstico, Assistência, Tratamento, Prevenção, Sociedade Civil, Direitos Humanos, Cooperação Externa, Pesquisa Científica, Comunicação e Educação e Saúde. A partir de trabalhos realizados pelo Ministério da Saúde e parceiros governamentais e não governamentais é possível conhecer experiências bem sucedidas em HIV/Aids em todas as regiões do País.

Informações para a imprensa:

Target Assessoria de Comunicação

Márcia Vilella | Letícia Reitberger | Juliana Sampaio

(21) 8158 9692 | 8158 9715 | 2284 2475