CEDAPS | Centro de Promoção da Saúde

MENU MENU

Notícias

27 de janeiro, 2012

Unicef apresenta Plataforma dos Centros Urbanos para RCS

A Rede de Comunidades Saudáveis participou de um encontro com o oficial de projetos do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Rio de Janeiro, Jacques Schawrzstein, para conhecer a Plataforma do Unicef para os Centros Urbanos. A Plataforma tem como objetivo “fazer chegar às comunidades populares os programas sociais de garantia de direitos das crianças e dos adolescentes”.

A reunião aconteceu, no dia 26 de setembro, no auditório do Hospital Escola São Francisco de Assis, no Centro do Rio. Jacques Schawrzstein convidou as lideranças da Rede que são de comunidades da cidade do Rio para participar dos encontros de levantamento de propostas para a construção da Plataforma.

Em sua apresentação, Jacques explicou ainda que a Plataforma quer articular e potencializar os esforços de diversos atores sociais (governos, lideranças comunitárias, organizações não-governamentais, iniciativa privada, entre outros) na realização de ações voltadas ao desenvolvimento de crianças e adolescentes. “A bandeira da Plataforma é tirar o ECA [Estatuto da Criança e do Adolescente] do papel, fazer com que as políticas públicas cheguem para todas as crianças”, disse.

Para Kátia Edmundo, da coordenação geral do CEDAPS, a atuação da Plataforma pode tornar mais visível as ações positivas, entre elas as dedicadas às crianças e aos adolescentes, que as lideranças fazem voluntariamente, todos os dias, nas comunidades. Esta também é uma expectativa das lideranças com a Plataforma: a sensibilização da cidade, especialmente por meio da mídia, para uma nova forma de olhar os espaços comunitários.

Outra perspectiva é a articulação entre os diversos atores do entorno das comunidades para discutir propostas para esses segmentos. No encontro, as lideranças da RCS falaram sobre as principais necessidades que as crianças e os adolescentes e jovens apresentam: espaços de lazer, educação de qualidade, acesso aos serviços de saúde, cursos profissionalizantes. “Por enquanto os comunitários estão lutando sozinhos”, disse Zoraide Gomes, coordenadora do Núcleo de Promoção da Saúde e Prevenção das DST/Aids do Morro dos Prazeres – PROA.

“Vocês são pessoas de esperança: estão nessa caminhada há muito tempo e cheios de esperança. E a gente se sente gratificado de poder trazer nossa esperança e trabalhar com vocês”, disse Jacques para as lideranças da Rede de Comunidades Saudáveis.

Mais informações sobre a Plataforma estão disponíveis no site do Unicef.