CEDAPS | Centro de Promoção da Saúde

MENU MENU

Notícias

20 de março, 2008

Oficina forma dinamizadores para a Escola de Todos

O CEDAPS e o Instituto Iberoamericano sobre Deficiência e Desenvolvimento Inclusivo (IIDI) realizaram, nos dias 11 e 12 de março, no Hotel Rondônia, no Rio de Janeiro, a Oficina de Formação de Dinamizadores para a Escola de Todos.

O resultado da estratégia Escola de Todos é a elaboração participativa de um conjunto de ferramentas – o Guia Escola de Todos – para subsidiar e fortalecer o estabelecimento de uma prática cotidiana escolar baseada na participação e nos princípios do desenvolvimento inclusivo.

Com o objetivo de fortalecer essa idéia, foram reunidos grupos representantes de quatro escolas estaduais do Rio de Janeiro, dois colégios estaduais de Salvador e um colégio municipal de Alagoinhas/BA. A finalidade do encontro foi validar a proposta do Guia através da discussão de conceitos e fundamentos, construção de um plano para a implementação em cada uma das escolas e consolidação do Grupo Dinamizador da Escola de Todos.

Participaram do encontro 33 representantes das unidades escolares (alunos, professores, coordenação pedagógica e direção); dois representantes do Centro de Vida Independente, que integra a Rede de Apoio ao projeto; um participante do Grupo de Apoio à Prevenção à Aids da Bahia (Gapa/BA); e o idealizador da Escola da Ponte em Portugal, José Pacheco, que falou de sua experiência sobre participação e autonomia na escola.

No primeiro dia, o grupo trabalhou, através de dinâmicas, conceitos como Desenvolvimento Inclusivo, Qualidade Educativa, Equidade e Inclusão e Diferença e Diversidade. Tanto as dinâmicas quanto os conceitos são partes integrantes do Guia. Ao final do dia, todo o grupo participou do Jogo Caleidoscópio, brincando e apontando algumas sugestões para aperfeiçoamento do material.

O segundo dia foi iniciado com a apresentação da experiência da Escola da Ponte na cidade de Vila das Aves, em Portugal. O idealizador e coordenador da escola desde 1976, José Pacheco, contou um pouco da trajetória da instituição. Foi um momento de grande reflexão e discussão que enfocou a vontade de transformar o ambiente escolar em um espaço prazeroso onde o aprendizado seja construído respeitando o tempo, a necessidade e o desejo de cada um.

“O modo como o professor aprende é o modo como o professor ensina”, disse José Pacheco. “Não existe dificuldade de aprendizagem. Existe dificuldade de ‘ ensinagem’”, continuou.

Plano de ação

Na tarde do segundo dia, o trabalho foi realizado através da Metodologia Construção Compartilhada e cada escola exercitou algumas etapas da elaboração do plano de ação para implementação do Guia nas escolas, como, por exemplo, a “Visão de Futuro” e a “Matriz de Barreiras e Oportunidades”, contidas no item Diagnóstico do Guia.

O grupo também discutiu o planejamento participativo de ações inclusivas na escola. Esse exercício foi feito através da identificação de parceiros e recursos, planejamento de atividades e levantamento de indicadores de avaliação.

Para apoiar esse trabalho, o projeto conta com uma equipe que fará o acompanhamento das escolas através de contatos telefônicos, e-mails e visitas para assessoria técnica, além de contar com a Rede de Apoio, que dará suporte às demandas surgidas durante o desenvolvimento das ações nas escolas.

Por fim, para celebrar o encontro e divulgar mais essa etapa do processo, o grupo participou, no dia 12 à noite, do coquetel de apresentação do Guia Escola de Todos nos jardins do Museu da República. Na ocasião, Kátia Edmundo (CEDAPS), Rosângela Berman (IIDI) e Sergio Meresman (IIDI) agradeceram o apoio de todos e falaram sobre a trajetória da iniciativa Escola de Todos. O evento contou também com representantes do Conselho Consultivo e da Rede de Apoio, como Secretarias Municipal e Estadual de Saúde, Secretaria Estadual de Educação e professoras da Rede Municipal de Ensino, entre outros.

Participantes da implementação – Rio de Janeiro

Colégio Estadual Figueira – Nova Iguaçu

Colégio Estadual Visconde de Itaboraí – Itaboraí

Colégio Estadual Leopoldina da Silveira – Bangu

Colégio Estadual Pandiá Calógeras – São Gonçalo

Participantes da implementação – Bahia

Coordenação de Ações Educativas do Município/SEDUC – Alagoinhas

Colégio Municipal Miguel Santos Fontes – Alagoinhas

Colégio Estadual Presidente Humberto de Alencar Castelo Branco – Salvador

Colégio Estadual Renan Baleeiro – Salvador

Leia também:

CEDAPS e IIDI realizam capacitação da Escola de Todos

Encontro discute implementação do Guia Escola de Todos

Publicado em 20-03-08