CEDAPS | Centro de Promoção da Saúde

MENU MENU

Notícias

13 de março, 2012

Nova sede do EDUCAP é inaugurada no Complexo do Alemão

Na tarde do último sábado, dia 10, foi inaugurada a nova sede do EDUCAP no Complexo do Alemão. O Espaço Democrático de União, Convivência, Aprendizagem e Prevenção, que é parte da Rede de Comunidades Saudáveis, atuará em parceria com o CEDAPS na promoção da saúde e dos direitos humanos de moradores da região. A inauguração da casa foi realizada pelo príncipe inglês Harry. O EDUCAP é parte integrante do Projeto Girar Saúde e Sustentabilidade, realizado pelo CEDAPS na comunidade.

Na chegada à nova sede do EDUCAP, Harry foi recepcionado por Lúcia Cabral, presidente do EDUCAP e Kátia Edmundo, coordenadora executiva do CEDAPS. Ele foi guiado ao interior da casa e pôde conhecer a Biblioteca Comunitária. Um dos ambientes visitados foi a sala de educação e alfabetização, onde um grupo de crianças o aguardava para uma leitura de obras brasileiras.

Para o CEDAPS, foi fundamental garantir a construção e permanência de um legado à comunidade. O apoio estratégico da Fundação GE e do Urbes/PAC Social serão essenciais para a continuidade das ações deste empreendimento. Para Lúcia Cabral, o objetivo é atender a todos que procurarem ajuda: “quando eu era criança não tive a oportunidade que hoje eu tenho a oportunidade de oferecer. Enquanto eu estiver no EDUCAP, quem chegar aqui será atendido”, disse.

 

Construção 100% carioca

A construção, que é toda sustentável, foi realizada pela Embaixada Britânica como parte dos eventos de cooperação com as comunidades brasileiras. “A transformação pretendida pelo EDUCAP já se mostra na construção de sua sede pela reutilização de materiais, pelo paisagismo com o uso de pneus, pelo emprego da mão de obra local gerando oportunidade de trabalho e, principalmente, no trabalho comunitário por um bem comum. A junção desses elementos resulta em uma obra que surpreende em todos os seus aspectos, quer sejam físicos, quer sejam como o marco de uma conquista para o início de uma nova etapa”, analisa Sonia Fragozo, uma das arquitetas envolvida no trabalho.

A casa tem 120 m² e foi erguida pelos moradores do Complexo do Alemão. Ao todo, foram 27 dias de para que tudo fosse entregue no prazo, sendo que construção em si levou somente sete dias para ficar de pé. Todo o material utilizado, desde os maquinários até as plantas, é carioca.

A casa contará com Biblioteca Comunitária (que realizará rodas de leitura para crianças e jovens – além de empréstimos de livros). O espaço também abrigará o Núcleo para Promoção da Saúde Sexual e Reprodutiva – programa que disponibiliza preservativos e materiais informativos sobre DST/Aids. Também abrigará um espaço para a Rede de Adolescentes Promotores da Saúde (Rap da Saúde), programa da Secretaria Municipal da Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro (SMSDC). Outro projeto que fará parte da casa será o Educar para Transformar, que cuidará da alfabetização de adultos moradores da região.

Informações para a imprensa:
Márcia Vilella (marcia@target.inf.br) e Letícia Reitberger (leticia@target.inf.br)
21) 8158 9692 | 8158 9715 | 2284 2475