CEDAPS | Centro de Promoção da Saúde

MENU MENU

Notícias

10 de agosto, 2015

Jovens Construtores concluem mais uma etapa do curso profissionalizante

Jovens Construtores Prazeres1

Projeto está sendo implementado no Morro dos Prazeres

O CEDAPS e o YouthBuild International (https://www.youthbuild.org/youthbuild-international) juntamente com o Seconci (http://www.seconci-rio.com.br/new/), realizaram na última sexta-feira (31) um encontro com os participantes do projeto Jovens Construtores (http://www.jovensconstrutores.org.br/). A reunião celebrou a conclusão do módulo do curso referente a Iniciação Profissional. Nesta primeira etapa, os jovens foram estimulados a aprender sobre o trabalho na construção civil, além de receberem aulas sobre ética e liderança, saúde e drogas, produzirem um jornal, o ComunicAtivo Prazeres, atualizarem o mapeamento da comunidade dos Prazeres, e iniciarem uma série de ativos comunitários.

O evento também contou com a presença de importantes apoiadores do projeto, como a diretora de operações do YouthBuild International, Laurie Bennett. Para ela, “Todos os jovens da comunidade possuem muito potencial, eles só estão procurando por uma oportunidade para poderem mostra-lo”, conta. “E acho que é isso que o YouthBuild faz: dá a oportunidade a esses jovens de aprender mais e se encontrarem, de forma que eles ajudem a sua comunidade”.

A diretora do CEDAPS, Kátia Edmundo, também falou um pouco sobre a importância do Jovens Construtores na comunidade dos Prazeres, que abriga diversas iniciativas e projetos realizados pelas próprias organizações comunitárias. “O projeto é mais uma oportunidade que converge com diversos temas de interesse da juventude que associa formação e  desenvolvimento comunitário”, afirma.

Ela também conta sobre o desenvolvimento do projeto na comunidade. “Os jovens revitalizaram uma área próxima à casa de uma liderança comunitária, que tem 96 anos. Então, tem um componente histórico e de valorização dos moradores agregado muito interessante”.

A aluna do projeto, Alice Bularmino, de 21 anos, participou dessa atividade e demonstra sua admiração por participar de um feito tão significativo. “A obra foi uma parte magnífica, porque raramente vemos mulheres em obras e nós conseguimos levar muito bem isso. Quem mais fazia as coisas eram as meninas”, revela. Ela continua: “quando eu entrei, os meninos pensaram, ‘poxa, menina nesse curso, que estranho!’, mas eles se acostumaram”. Sobre o grupo, Alice nos conta que os alunos formaram um vínculo de amizade muito grande, que eles vão levar pela vida inteira.

Após a cerimônia — apresentada pelos próprios alunos do projeto — todos se reuniram na festa junina realizada pelos participantes do ReciclAção. Este projeto, aliás, foi combinado ao Jovens Construtores com intuito de ensinar as técnicas da construção civil com um olhar mais sustentável, voltada para a reutilização de materiais e o menor desperdício possível.

A articuladora do ReciclAção, Cris dos Prazeres, cedeu algumas palavras sobre a combinação dos dois projetos. “Em relação à mudança do jovem, depois que ele discute todo conteúdo que aprende na sala de aula, ele tem mais noção sobre o coletivo e isso leva para ele um legado de informação que talvez antes ele nunca tenha parado para refletir”.

Ela também chama a atenção para o resgate da autoestima desses jovens, que descobrem nessas novas habilidades uma oportunidade de crescimento. “Acho que tudo que o jovem precisa é de uma oportunidade, ele já tem tudo dentro dele. Quando você dá uma oportunidade, você vê que ele pode ir muito além da sua própria imaginação. Ele só precisa de um espaço para mostrar seus talentos”, conta.