CEDAPS | Centro de Promoção da Saúde

MENU MENU

Notícias

11 de julho, 2018

JOVENS BRASILEIROS DE PERIFERIAS EMBARCAM PARA EXPERIÊNCIA INTERNACIONAL NOS ESTADOS UNIDOS

Programa Jovens Construtores, iniciativa da ONG CEDAPS no Brasil, é voltado para o desenvolvimento pessoal e profissional

 

Os quase 8 mil quilômetros de distância entre Rio de Janeiro e Boston separam jovens de culturas e experiências diferentes que talvez nunca imaginaram a potencialidade que esse encontro tem para a sua comunidade. Pensando nisso, o Programa Jovens Construtores, que já capacitou jovens de comunidades nas áreas de construção civil, elétrica e de telecomunicações, promove o Intercâmbio YouthBuild – Rio de Janeiro e Boston, que levará oito jovens de edições diferentes do programa para a capital do estado de Massachusetts, um dos principais polos educacionais dos Estados Unidos.

O Programa Jovens Construtores é uma tecnologia social voltada para a formação profissional de jovens moradores de favelas e periferias. É originalmente concebida pela organização americana YOUTHBUILD e implementada no Brasil pelo CEDAPS – Centro de Promoção da Saúde. Os alunos colocam a mão na massa para exercer na prática tudo o que aprenderam na educação profissional, deixando um legado para o território onde vivem. Esse ativo, que pode ser uma reforma, construção ou ações sociais, é financiado pelo curso, deixando um bem comum na comunidade, mostrando capacidade e produtividade.

O intercâmbio que é financiado pela Fish Family Foundation (EUA) terá uma agenda extensa: ao longo de 11 dias, os brasileiros participarão de atividades juntamente com jovens americanos, participantes do programa YouthBuild no país. A agenda inclui visitas à sede da YouthBuild Internacional, para conhecer de perto o trabalho da instituição, oficinas e debates sobre liderança e empreendedorismo e uma conversa com alunos brasileiros do MIT. A programação inclui também a visita a diversos pontos turísticos, como a Universidade de Harvard e o Museu de Belas Artes de Boston e atrações culturais como show do “Blue Man Group” e a vivência de um jogo de baseball do Red Sox, no famoso Fenway Park.

As mãos cerradas e poucas palavras deixam a timidez evidente. Pâmella Gabriel tem 19 anos e vai fazer a sua primeira viagem na vida. “Eu vou ter uma experiência nova e vou compartilhar a minha vivência com os moradores lá. A minha expectativa é que eu adquira conhecimento e faça muitos contatos. Eu quero fazer publicidade e acho que Boston é um dos lugares que vai me inspirar na vida acadêmica”, disse a jovem moradora da Quitanda, comunidade no bairro da Pavuna, que perde a timidez com os olhares atrás da câmera e promete tirar muitas fotos.

Em novembro de 2017, jovens americanos que participam do programa Jovens Construtores nos Estados Unidos, vieram até o Rio de Janeiro conhecer como se desenvolve o projeto nas comunidades, além de explorar novas culturas e entender como os jovens brasileiros lidam com questões como empregabilidade e empoderamento, em cenários muitas vezes desfavoráveis ao desenvolvimento pessoal. Agora, os mesmos alunos vão retribuir a hospitalidade e servir de guias aos jovens brasileiros em solo americano.

Arthur Felizardo é morador do Morro dos Prazeres, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Participou do projeto Jovens Construtores e hoje é estagiário do CEDAPS. Após receber os alunos americanos no ano passado, agora é a vez dele ir aos Estados Unidos. Da visita dos americanos, ficou a vontade de aprender inglês. Ele será um personagem de mudança longe de casa: “Nós fizemos alguns ativos junto com os americanos durante o intercâmbio do ano passado, e o meu interesse por fazer curso de inglês cresceu. Hoje eu estou estudando e agora é a hora de deixar a minha história como inspiração para os Jovens Construtores de Boston”, disse.

Além de ser uma experiência cultural, o intercâmbio tem se tornado cada vez mais um investimento profissional, trazendo experiência em outros países como uma forma de potencializar o currículo. “As expectativas são que a gente consiga passar a imagem que oportunidades como essa podem transformar a vida de jovens. Uma das motivações foi justamente perceber que o intercâmbio é capaz de enriquecer o processo de crescimento de um jovem, que não teria oportunidade de fazer uma viagem, se não fosse através de iniciativas como essa”, disse Malu Machado, assistente de projetos do CEDAPS

O Programa Jovens Construtores começou a ser implementado no Brasil em 2009 e, desde então, foram formados 320 jovens na comunidade 29 de Março, em Campo Grande, no Alemão, no Morro dos Prazeres, no Borel, na Mangueira, na Cidade de Deus, uma turma no bairro da Pavuna, voltada para comunidades da região, e a primeira fora do Rio, no estado do Pará. No Borel, o curso foi  realizado em parceria com o Instituto de Cidadania da Unidos da Tijuca. 

No Pará, foram realizadas três turmas, uma em Serra Pelada e duas em Parauapebas, formando 57 Jovens Construtores em temas da cidadania, promoção da saúde e desenvolvimento local, associando a construção de ativos que incluíram campanhas educativas em articulação com a unidade de saúde, e contribuindo para a promoção da saúde em Serra Pelada. Essas turmas integraram a estratégica Ciclo Saúde, iniciativa da Fundação Vale e da Vale, em parceria técnica com o CEDAPS e o Mestrado Profissional em Saúde da Família da Universidade Estácio de Sá, com o objetivo de fortalecer a Atenção Básica nos municípios de atuação da Vale.


Sobre o programa Jovens Construtores
O Jovens Construtores está presente em 22 países. O objetivo do Programa é oferecer uma formação profissional para jovens entre 16 e 24 anos, que estejam fora da escola e do mercado de trabalho, transformá-los em lideranças e agentes de mudanças nos locais onde vivem. O Programa propõe a realização de ativos comunitários, reformas em ambientes de uso comum das comunidades, como praças e associações de moradores, por exemplo. É quando os jovens colocam em prática o conhecimento adquirido nas oficinas de Educação Profissional que recebem durante o curso. 

Sobre o CEDAPS
O CEDAPS tem como objetivo promover o fortalecimento de organizações, grupos e comunidades populares e contribuir para o aprimoramento de políticas públicas sustentáveis, inclusivas e saudáveis.

Sobre o YouthBuild
O YouthBuild é um programa de formação de liderança e renda. O objetivo é dar oportunidade para os jovens terem acesso à educação, treinamento técnico vocacional, aconselhamento, apoio para colocação no mercado de trabalho e oportunidade de envolvimento em serviços comunitários. 

 

Informações para imprensa
Target Assessoria de Comunicação
Com: Márcia Vilella | Felipe Martins | Jerson Pita
(21) 2284-2475 | 98158-9692 | 98158 9715
marcia@target.inf.br | felipe@target.inf.br | jerson@taget.inf.br