CEDAPS | Centro de Promoção da Saúde

MENU MENU

Notícias

27 de agosto, 2013

27 de agosto, Dia do Psicólogo: entrevista com Roberto Pereira (CEDUS)

template - 27 de agosto- Dia do Psicólogo

Para celebrar o Dia do Psicólogo (27 de agosto), fizemos essa entrevista com o psicólogo Roberto Pereira, coordenador do Centro de Educação Sexual (CEDUS) e conselheiro do CEDAPS.

Quais são os principais eixos do trabalho do CEDUS?
Nós, do CEDUS, acreditamos que o processo de crescimento pessoal e de melhoria da qualidade de vida passa, necessariamente, pelo acesso da população à informação e educação, bem como pelo constante confronto de ideias e valores, a partir da discussão e reflexão qualificada, isentas de dogmas, tabus e preconceitos, sobre os múltiplos aspectos da sexualidade humana.

Quais são as questões da área de saúde mental que mais atingem os jovens de comunidades populares?
Não posso afirmar se especificamente na “área da saúde mental”, mas, de uma forma geral, questões associadas ao uso e abuso de drogas, gravidez não planejada e/ou precoce e inserção social, têm um significativo destaque.

Como a homofobia afeta os jovens LGBT?
A questão da formação dessa “identidade sexual”, seja em termos de valores internos, seja por conta da sua “manifestação social”, tem também um peso muito grande, particularmente na fase do início da juventude. Se, mesmo diante das profundas mudanças sociais da atualidade, o “encontrar-se” a partir de uma sexualidade fora dos padrões social e culturalmente determinados como “normais”, ainda tende a ser um momento de muitos conflitos para muitas pessoas, lidar com essas questões inseridos em um universo ainda extremamente homofóbico ou, “pseudo-liberal”, torna essa fase de descobertas extremamente difícil e, muitas vezes, perigosa.

Como ajudar esses jovens?
Esta ajuda pode se dar de diferentes formas, porém, acredito, parte sempre da disponibilização de um espaço de escuta e de troca. Numa fase de descobertas, dúvidas, angústias, sonhos e indecisões, é super importante ter um espaço ou uma pessoa qualificada, que possa escutar…escutar…escutar e ajudar esses jovens a encontrarem eles mesmos as suas respostas e a construírem suas histórias.