CEDAPS | Centro de Promoção da Saúde

MENU MENU

Notícias

28 de novembro, 2006

Representantes da Rede de Comunidades Saudáveis participam do 1° de dezembro- Dia Mundial de Luta contra a Aids

A mobilização para marcar o Dia 1° de dezembro – Dia Mundial de Luta Contra a Aids – deste ano acontecerá na Cinelândia, no centro do Rio. Mais de 20 representantes da Rede de Comunidades e toda a equipe técnica do CEDAPS estarão lá como voluntários para chamar a atenção do poder público e da sociedade civil sobre a epidemia de DST/Aids e as necessidades das pessoas vivendo com HIV/Aids – objetivos do evento.

Como acontece há vários anos, o evento é organizado pelo Fórum de ONG/Aids do Rio de Janeiro e conta com apoio da Assessoria Estadual de DST/Aids e da Coordenação Municipal de DST/Aids. A atividade seguirá a campanha brasileira que tem como slogan “A vida é mais forte que a aids”, com foco nas pessoas comuns que vivem com HIV/Aids, de modo a provocar a reflexão sobre os estigmas relacionados à epidemia e se baseando no conceito de prevenção ‘posithiva’.

Haverá um palco para apresentações artísticas e Kakau Moraes (Projeto Prec@vida), da Rede de Comunidades Saudáveis, será uma das atrações com seus ‘funks da prevenção’ – repetindo o sucesso do ano passado na Central do Brasil. Como em 2005, várias lideranças montarão seus camelôs educativos, cestinhas da prevenção e caixas de pergunta – estratégias criadas e desenvolvidas cotidianamente por agentes comunitários de prevenção.

O Dia 1o de dezembro foi criado em 1987 pela Assembléia Mundial de Saúde, com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), para reforçar a solidariedade, a tolerância, a compaixão e a compreensão em relação às pessoas vivendo com HIV/Aids. No Brasil, a data foi adotada em 1988 e, desde então, a sociedade civil organizada realiza ações para marcar a data e chamar atenção para as realidades da Aids.

No dia 02 de dezembro, as agentes/lideranças organizarão ações de prevenção nas comunidades.